O SEU JEITO DIFERENTE DE OUVIR

Quem foi tocar no céu antes dos 30

Atualizada 29/05/2015 10:00

Continuando a série "Quem foi tocar no céu antes dos 30", conheça a história de três artistas que morreram com 27 anos: Janis Joplin, Jimi Hendrix e Alan "Blind Owl" Wilson. Saca só:

Alan “Blind Owl” Wilson (27 anos)


Alan "Blind Owl" Wilson

O artista norte-americano Alan "Blind Owl" Wilson foi o líder, vocalista e principal compositor da banda de blues estadunidense Canned Heat.

Alan Wilson nasceu em Boston, Massachusetts, nos Estados Unidos, e ganhou o apelido na Universidade de Boston, onde cursou música, devido à sua miopia. Ao lado do Canned Heat, Alan lançou 8 álbuns: "Canned Heat", "Boogie with Canned Heat", "Living the Blues", "Hallelujah", "Future Blues", "Vintage", "Canned Heat '70 Concert Live In Europe" e "Hooker 'N Heat".

Alan compôs diversas canções do Canned Heat: "Going Up the Country", "On the Road Again", "An Owl Song", "Change My Ways", "Time Was", "Do Not Enter", "Get Off My Back", "Future Blues", etc.

Wilson morreu de overdose de drogas, num aparente suicídio, em 3 de setembro de 1970, nos Estados Unidos, poucas semanas antes de Jimi Hendrix e Janis Joplin. . 

Jimi Hendrix (27 anos)


Jimi Hendrix

Considerado a maior lenda da guitarra de todos os tempos por diversos especialistas, enquetes e fãs, o norte-americano Jimi Hendrix demonstrava interesse por tocar desde muito jovem, carregando consigo uma vassoura para simular o instrumento e, mais tarde, improvisando em um ukelele de apenas uma corda que encontrou no lixo, antes de conseguir comprar sua primeira guitarra aos 15 anos de idade.

Em sua carreira excepcional, e breve, Hendrix é especialmente conhecido por incendiar sua guitarra no palco de um festival da Califórnia, Monterey Pop Festival, em 1967. Sua participação ocorreu principalmente por insistência de Paul McCartney, dos Beatles, dizendo que o evento ficaria “incompleto sem Hendrix, um absoluto às na guitarra”. Lá no festival, Hendrix foi apresentado por Brian Jones, guitarrista e fundador dos Rolling Stones, como “o mais excitante performer” que ele já ouviu. 

Dois anos mais tarde, foi headliner no festival de Woodstock, sendo na época o mais bem pago músico de rock do mundo, porém também o mais associado à cultura das drogas. Pouco mais de um ano depois, perdeu a vida asfixiado em seu próprio vômito em um simples quarto de hotel, em 18 de setembro de 1970, na Inglaterra.


Janis Joplin (27 anos)

Janis Joplin

"A Rainha do Rock and Roll" Janis Joplin era uma estrela do final dos anos 60 e uma das principais atrações de um dos festivais mais importantes da História, o Woodstock. A cantora norte-americana tinha a alma musical e até hoje é a maior referência de voz feminina no rock e no blues.

Janis Joplin esteve no Brasil em 1970, poucos meses antes de sua morte prematura, justamente na tentativa de se livrar do vício de heroína. Por aqui ela fez topless na praia de Copacabana, no Rio de Janeiro, bebeu muito e cantou num bordel. Chegou a ser expulsa do Hotel Copacabana Palace, onde estava hospedada, porque nadou nua na piscina. A estrela norte-americana quase foi presa por suas atitiudes consideradas "fora do normal". Janis teve, ainda, um breve encontro com o roqueiro brasileiro Serguei. 

Logo após gravar a canção “Mercedez Benz”, um de seus maiores sucessos, ela sumiu por três dias. Foi encontrada morta no dia 4 de outubro de 1970 em um hotel, em Los Angeles, com marcas de agulhas no braço e segurando US$ 4,50.

 

 

O AUTOR

Tatiana Cavalcanti

COMENTÁRIOS

CURTA NO FACEBOOK

TWEETTS @GALERIADOROCK