O SEU JEITO DIFERENTE DE RABISCAR

Muito além do desenho, uma verdadeira Maori tem muita história pra contar!

Atualizada 24/06/2015 11:26

Não é de hoje que virou moda o estilo de tatuagem que nós conhecemos como “Maori”. Traços simétricos e espirais com linhas pretas bem marcadas lado a lado, ganharam as pastas de tatuadores já há algum tempo. Esse estilo foi difundido não só no Brasil, como ao redor do mundo pelas últimas décadas. Mas será que você sabe realmente o significado desse tipo de tattoo? 

Apesar da inspiração na arte tribal, a verdadeira tatuagem Maori envolve mais do que arte, mas tradições geracionais, ancestrais e hierarquias. Conhecida como Ta Moko, no passado, ela representava a identidade da pessoa, especificava a filiação, habilidades, função dentro do grupo ao qual pertencia e conquistas na vida. E essa tradição ainda se mantém entre muitos grupos tribais, principalmente na Nova Zelândia, onde a cultura foi iniciada. É claro que as técnicas foram reinventadas. Antigamente, os artistas utilizam martelo e cinzel para fazer os desenhos. Hoje, as máquinas já se popularizaram mesmo nas tribos. 

A cultura é tão grande em torno do que para muitos é apenas um desenho, que existem tatuadores maoris que não fazem a tattoo em pessoas não descendentes de Maoris. Por isso é tão raro vermos turistas que viajam para Nova Zelândia e mandam aquela arte maneira, pois lá é o berço do negócio. 

Por tanto, é bom saber que a Maori, não é uma simples tatuagem, mais tem essência, integridade e está totalmente ligada a dignidade e cultura de um povo que tem muita história pra contar! Se você for mesmo apaixonado pela arte, vale pensar bastante para que a sua tenha o mesmo significado e faça realmente sentido! 

O AUTOR

Rafaela Landim

COMENTÁRIOS

CURTA NO FACEBOOK

TWEETTS @GALERIADOROCK